Grupos nominais expandidos na linguagem médica alemã e respetivos equivalentes em português | October 2014 | Translation Journal

October 2014 Issue

Read, Comment and Enjoy!

Join Translation Journal

To receive regular updates,
fill in your details below.
You will also receive a PDF listing
8 Ways to Ignite your Translation Career.
Join now. 

Grupos nominais expandidos na linguagem médica alemã e respetivos equivalentes em português

Germany

Abstract

One of the most productive resources of the German language is the nominal group (Nominalgruppe) and the possibility of such groups to be expanded via attributes that can be appended to the core. This capability, which allows a great amount of information to be condensed into few words, forces the translator from German into Portuguese or into other Romance languages to use syntactical reformulation mechanisms that allow the same semantic content to be preserved with the aid of suitable structures.

Expanded nominal groups are a characteristic phenomenon of syntactic compression (Heringer, 1988: 194), typical in specialized texts that acquire a greater degree of precision via this device.

In this paper we focus on the language of medicine, used, in particular, in scientific articles, where this phenomenon often occurs.


Um dos fenómenos linguísticos mais produtivos em língua alemã é o grupo nominal (Nominalgruppe) e as suas possibilidades de expansão através de atributos que se podem agregar ao núcleo. Essa possibilidade, que permite no alemão condensar em poucas palavras grande quantidade informativa, obriga na tradução para língua portuguesa à utilização de mecanismos de reformulação sintática que permitam manter o mesmo conteúdo semântico através de estruturas adequadas.

Os grupos nominais expandidos são um fenómeno característico de compressão sintática (Heringer, 1988: 194), comum em textos de especialidade escritos que através desta estrutura adquirem um maior grau de precisão.

Nesta comunicação centrar-nos-emos na linguagem médica, em particular em artigos científicos, onde este fenómeno ocorre com muita frequência.

 

Palavras-chave: Tradução Especializada, grupos nominais expandidos, atributos, procedimentos técnicos de tradução

1. Introdução

A formação de tradutores especializados nas universidades portuguesas tem vindo a crescer e a ganhar importância nos últimos anos. Esta tendência reflete-se em currículos específicos de cursos de 2º Ciclo, que envolvem um vasto leque de disciplinas para formação dos futuros tradutores em domínios como a tradução médica ou a tradução jurídica. A Universidade de Aveiro oferece, desde 2007, um curso de mestrado em Tradução Especializada, com a duração de 4 semestres (120 ECTS) na área de Saúde e Ciências da Vida, onde os estudantes adquirem conhecimentos tradutológicos e terminológicos.

A tradução de textos científicos, tais como artigos de investigação, em particular da medicina, de alemão para português, coloca o tradutor face a uma tarefa exigente e complexa. A diversidade dos géneros textuais da área da medicina, que vão desde pareceres e relatórios médicos até artigos investigativos e de informação médica, exige do tradutor conhecimentos em terminologia, bem como um vasto domínio das convenções textuais dos diversos géneros.

O enfoque do presente artigo incide sobre a compreensão e reprodução, em língua portuguesa, de uma linguagem densa, caracterizada pelo recurso a mecanismos de compressão sintática característicos da língua alemã. No nosso estudo iremos analisar diferentes tipos de atributos, como adjetivos e particípios que são muito frequentes nos textos científicos e discutir os equivalentes encontrados para o português. O objetivo desta análise é produzir um leque de materiais que ajude os alunos a identificar e a compreender esta estrutura sintática, tornando-os mais conscientes das diferentes possibilidades de tradução.

2. Género textual artigo médico

A linguagem científica há muito que vem sendo marcada pela influência do inglês como língua franca no âmbito internacional. De facto, com o intuito de serem divulgados mundialmente, grande parte dos autores produz artigos em inglês. Contudo, o vasto contexto editorial alemão, com uma grande diversidade de revistas vocacionadas para as diversas especialidades médicas, apresenta uma grande produção em língua alemã. Estes artigos constituem assim potenciais traduções que irão enriquecer o conhecimento médico a nível internacional.

A macroestrutura dos artigos médicos segue convenções textuais particulares em cada língua/cultura, muito influenciadas pelo estilo anglo-saxónico. Os artigos analisados neste estudo revelam a seguinte estrutura: em primeiro lugar surge o título e o nome do autor ou autores, seguido do resumo em inglês e, em alguns casos de palavras-chave. Após esta parte inicial, seguem-se a introdução, a metodologia, os resultados e a discussão. No fim, surgem as referências bibliográficas. A ordem pela qual os diversos pontos estão organizados pode variar um pouco consoante as exigências específicas de cada publicação.

No que respeita a microestrutura, os artigos médicos em língua alemã são dominados pelo estilo nominal. A grande quantidade de informação que o artigo transmite é sobretudo veiculada através de substantivos, que remetem para uma terminologia específica e para conceitos bem definidos. A preferência por frases simples, ligadas por conectores interfrásicos de diversa natureza (adição, condição, causa, consequência, fim, etc.), adequa-se à transmissão clara e organizada dos dados apresentados.

De entre estes fenómenos linguísticos característicos dos artigos médicos alemães centrar-nos-emos no grupo nominal expandido, devido à sua grande produtividade e ao facto de contrastar com um grupo nominal português que não apresenta as mesmas possibilidades sintáticas, tornando-se frequentemente um problema de tradução.

3. O grupo nominal expandido em alemão

Os grupos nominais expandidos são comuns em textos de especialidade escritos, dado que permitem a condensação de informação relativa ao substantivo.

Do ponto de vista formal, o grupo nominal apresenta uma estrutura em moldura balizada por um determinante/artigo e pelo respetivo núcleo/substantivo, abrindo-se assim dois campos passíveis de expansão através de atributos: um antes do substantivo, em posição pré-nominal, e outro após do substantivo, em posição pós-nominal (Heringer, 1988:193).

artigo ............. substantivo .............

Ao ser traduzida para português, a moldura sofre alterações respeitantes à posição dos atributos, que passam de pré- a pós-nominais. Através do exemplo seguinte, verificamos como, em português, os atributos se acumulam sucessivamente em posição pós-nominal:

DE

PT

... Komponenten

componentes ...

... synergistische wirksame Komponenten

componentes de ação sinérgica ...

komplementär einsetzbare, synergistische wirksame Komponenten

componentes de ação sinérgica, que podem ser introduzidos de forma complementar

No que respeita à moldura, o artigo pode apresentar várias formas: artigo definido, indefinido, demonstrativo, possessivo, interrogativo ou artigo zero. O substantivo, que constitui o núcleo do grupo, pode ser de diversa natureza: substantivo simples, composto ou nominalizado.

Uma vez que o português, como língua românica, apresenta sobretudo atributos pós-nominais, existindo grandes restrições sintáticas e semânticas aos atributos pré-nominais, interessa observar como estes obstáculos são contornados na tradução de alemão para português. Assim, centrar-nos-emos nos atributos pré-nominais alemães e nas possibilidades de transferência para o português.

4. Tradução de grupos nominais expandidos para português

Passamos agora a apresentar diversas formas de realização de atributos expandidos em língua portuguesa: 

a) Tradução através de particípios e/ou adjetivos

(1) Die hier dargestellten Daten zum Lipidstoffwechsel unterstreichen dies eindrucksvoll.

(1’) Os dados aqui apresentados

(2) Ergänzende klinisch-neurologische und urologische Untersuchungen sind angezeigt.

(2’) São indicados exames clínico-neurológicos e urológicos complementares.

b) Tradução através de um grupo participial

(3) Eine alters- und krankheitsbedingte Veränderung des Gesundheitszustands kann mit einer Zunahme der angesprochenen Symptome und Probleme angenommen werden.

(3') Uma alteração do estado de saúde condicionada pela idade e pela doença .

Nos casos em que o atributo alemão é constituído por um composto, a tradução para português exige por vezes o recurso a um grupo participial.

c) Tradução através de um composto nominal

(4) Adäquate Resektionsränder und Sentinelnodebiopsie bei der brusterhaltenden Therapie

(4') numa terapia de conservação da mama

d) Tradução através de uma oração relativa

(5) Eine fraktursenkende Wirkung

(5') Um efeito que reduz as fraturas

e) Tradução através de um grupo preposicional

(6) Die meisten doppelblind randomisierten prospektiven Studien belegen einen signifikanten Effekt.

(6') A maioria dos estudos prospetivos aleatórios em dupla ocultação

f) Tradução de um particípio com zu através de “um complexo a-infinitivo”(Mateus 2003: 645)

(7) Das Maximum der Fluoreszenz-Intensität und die zugehörige Zeitspanne waren hierbei die zu untersuchenden Parameter.

(7') A intensidade de fluorescência máxima e o período de tempo correspondente foram neste caso os parâmetros a analisar.

(8) Es macht es allerdings umso schwieriger, die Eltern zu überzeugen, je geringer die zu erwartende Schutzwirkung ist.

(8') Será tanto mais difícil de convencer os pais, quanto menor for o efeito protetor esperado

g) Tradução através de um atributo em posição pré-nominal

(9) Weltweit ist das hepatozelluläre Karzinom (HCC) die fünfthäufigste maligne Erkrankung.

(9') A quinta doença maligna mais frequente em todo o mundo é o carcinoma hepatocelular (CHC).

Nos casos em que o atributo é um numeral ordinal, este adquire a posição pré-nominal. O adjetivo composto alemão constituído por Numeral + Adj é separado na tradução, ficando o núcleo português com atributos pré- e pós-nominais.

h) Afastamento do atributo em relação ao núcleo

(10) Die allgemein empfohlene chirurgische Komplettentfernung der befallenen Hautareale ist oft schwerlich umsetzbar.

(10') A cirurgia de remoção total da superfície cutânea atingida, geralmente aconselhada, é por vezes difícil de aplicar

A acumulação de atributos em posição pré- e pós-nominal (genitivo) no texto alemão força, em português, o afastamento do atributo participial, que fica entre vírgulas, em relação ao núcleo, a cirurgia.

i) Divisão do grupo nominal em duas frases

(11) Aus Sicht der Deutschen Schmerzliga (DSL) stellen die aktuellen Leitlinien eine rationale, dem sogenannten „medizinischen Standard“ (...) entsprechende und damit zivil- und strafrechtlich auch zu fordernde zeitgemäße Versorgung chronischer Schmerzpatienten eher infrage, als sie zu verbessern.

(11') De acordo com a Liga Alemã da Dor (DSL), é necessário um acompanhamento racional, consentâneo com o chamado „padrão médico” e, consequentemente, atualmente exigível do ponto de vista civil e penal dos pacientes com dor crónica.Contudo, a Liga considera que as atuais diretrizes comprometem um tal acompanhamento, em vez de o melhorarem.

A excessiva expansão dos atributos pré- e pós-nominais na frase alemã impede a construção de um grupo nominal em português, levando à construção de duas frases.

5. Análise de exemplos do corpus – Técnicas de tradução

Neste ponto, daremos conta de exemplos específicos retirados do corpus de publicações médicas, explicitando as questões tradutivas e os procedimentos de tradução envolvidos.

Art Zero + Part Passado

(1)

Strukturierte Schulungsprogramme können Betroffene bei diesen Umstellungen unterstützen.

(1’)

Os pacientes podem ser apoiados nesta fase de adaptação através de programas de formação estruturados.

 

Art Zero + Adv + Part Passado

(2)

Oral gegebenes Oxybutynin passiert die Blut-Hirn-Schranke

(2’)

A oxibutinina administrada por via oral atravessa a barreira sangue-cérebro.

Em (1’) o artigo zero mantém-se dado que se trata de algo genérico. Em (2’) o artigo definido é obrigatório, pois trata-se de algo específico (aquele medicamento). Estamos perante a técnica da alteração intra-categorial, que ocorre com muita frequência entre línguas germânicas e românicas.

 

Art Zero + Adv + Part Passado

(3)

Oral gegebenes Oxybutynin passiert die Blut-Hirn-Schranke und führt zu ZNS-Nebenwirkungen wie Vergesslichkeit, Halluzination und Delirium

(3’)

A oxibutinina administrada por via oral

O grupo participial oral gegeben (Adv + Part Passado) é transposto para português através do particípio administrado + grupo preposicional por via oral. Este procedimento que é comummente designado por étoffement na estilística francesa (Malblanc, 1968) constitui uma forma de amplificação. Seria possível substituir o grupo preposicional por via oral pelo advérbio oralmente, contudo a primeira solução corresponde à terminologia específica da área da medicina, que deve também ser dominada pelo tradutor.

Art (D) + Part Presente

(4)

Die behandelnden Ärzte kamen gemäß der zugrunde liegenden Symptomatik zu der in Tabelle 4 wiedergegebenen diagnostischen Einschätzung.

(4’) Os médicos que realizaram o tratamento (Oração relativa)

(4’’) Os médicos responsáveis pelo tratamento (Adjetivo)

A tradução realizada em (4’) resulta de um processo de transposição, no qual a forma de particípio behandelnd é reproduzida através do complexo Verbo suporte + Nome, realizar o tratamento. É o substantivo que transporta a informação semântica, restando ao verbo a informação gramatical. Esta transposição implica uma amplificação sintática e uma alteração da classe de palavra , de particípio presente para substantivo. O verbo tem uma função de suporte e confere uma informação temporal de passado através da conjugação do verbo no Pretérito Perfeito.

Na tradução (4’’) subsiste também um processo de transposição, no qual o significado do particípio recai sobre o substantivo tratamento, sendo a função gramatical desempenhada pelo adjetivo responsáveis.

Em ambos os casos é introduzida uma nova componente semântica, isto é, na tradução são explicitadas informações que no texto de partida surgem de forma implícita através do contexto.

Art (Def) + Adv + Part Passado + Adj

(5)

Die allgemein empfohlene chirurgische Komplettentfernung der befallenen Hautareale ist oft schwerlich umsetzbar.

(5’)

A cirurgia de remoção total da superfície cutânea atingida, geralmente aconselhada, é por vezes difícil de aplicar.

 

Nesta tradução identificamos um procedimento duplo de transposição. O núcleo do grupo nominal alemão, constituído por um composto nominal, Komplettentfernung, é transposto para português através de um composto N + Adj remoção total, e perde o seu papel de núcleo, a favor o substantivo cirurgia. O novo núcleo na tradução portuguesa resulta de uma transposição do adjetivo chirurgisch que passa a substantivo, cirurgia. Assim, podemos identificar várias fases deste processo: em primeiro lugar dá-se uma alteração do núcleo do grupo nominal, depois segue-se uma transposição e, por fim, ocorre ainda a transformação do atributo para a posição pós-nominal.

Prep + Part Presente + Part Passado

(6)

Zu bemerken ist, dass die Resultate nur für brusterhaltend operierte Patientinnen mit ER-positiven Karzinomen gelten.

(6‘)

(…) apenas para pacientes submetidas a uma cirurgia de conservação da mama

Na tradução observamos mais uma vez, fenómenos de transposição. Por um lado, o particípio presente (brusterhaltend) passa a composto nominal (conservação da mama). Por outro, o particípio passado (operiert) transforma-se num grupo participial constituído por Part + Prep + Art submetidas a uma cirurgia.

Art (InDef) + Partícula + Prep + Part Presente

(7)

Bei der wesentlichen gesundheitspolitischen Bedeutung der Alkoholkrankheit bei Männern ist dieser Annahme eine nicht zu unterschätzende Bedeutung beizumessen.

(7’)

(…) uma importância considerável

Neste caso estamos perante uma estrutura de Part + zu (zu unterschätzend) que se encontra na negativa. Ao traduzir para português através do Adj considerável, observa-se uma redução sintática que torna o estilo mais conciso. Ao mesmo tempo dá-se uma alteração da perspetiva, isto é, uma modulação, passando a negação (nicht zu unterschätzend) a afirmação, considerável.

Prep + Art (InDef) + Part Presente + Adj + Adj + Adj

(8)

Erst vor Kurzem wurden in einer führenden deutschsprachigen neurologisch- psychiatrischen Fachzeitschrift in der Sparte Fort- und Weiterbildung das Thema „Männer, Depression und männliche Depression“ von Möller-Leimkühler vorgestellt.

(8‘)

(…) numa importante revista de neuropsiquiatria de língua alemã

Estamos perante um caso de transposição, através da transferência de dois adjetivos (neurologisch-psychiatrisch) para um composto erudito neuropsiquiatria. Normalmente os atributos passam para a posição pós-nominal, no entanto neste caso, dada a quantidade de atributos, a posição pré-nominal do adjetivo importante ajuda a ordenar de forma mais fácil os atributos em torno do núcleo. O composto Fachzeitschrift (revista de especialização) é traduzido através da palavra simples revista, pois em português, essa informação já está implicitamente contida na unidade lexical revista de neuropsiquiatria. Esta opção contribui para manter um estilo condensado e evita a sucessão de três cadeias de de + Nome (de especialidade de neuropsiquiatria de língua alemã).

Adj + Adv + Part Passado + Núcleo + Gen

(9)

Bei mehr als der Hälfte von plötzlichen, zunächst ungeklärten Herztodesfällen junger Patienten

(9’)

Em mais de metade dos casos de morte súbita cardíaca, inicialmente de origem desconhecida, de pacientes jovens

Interessante nesta tradução, é o facto de estarmos perante uma forma lexical fixa, em português, morte súbita, que resulta de um grupo constituído por Adj + Nome em alemão, plötzlichen Todesfällen. De facto, neste caso, a coesão entre Adj e Nome não é suficientemente forte para impedir a introdução de outros atributos antes do nome, zunächst ungeklärten, o que seria impossível em português. Daqui resulta o problema da organização dos atributos em torno do núcleo, mantendo a sua forma e a sua função. Esta dificuldade é aumentada pelo facto de no grupo alemão existir um atributo de genitivo pós-nominal, que em português mantém uma relação próxima com o núcleo. A informação extra que é fornecida pelo grupo participial, zunächst ungeklärten, tem de ser realizada através de uma oração intercalada, que figura entre o núcleo e o genitivo. Desta forma, de modo a manter a totalidade da informação, obtemos um grupo extenso, com muitos atributos.

Conclusão

O fenómeno que acabámos de analisar e que é recorrente em textos de especialidade, tal como os artigos médicos em causa, constitui uma forma de densificação da informação, delimitando conceitos específicos. Estamos convictas de que os estudantes de tradução precisam de estar familiarizados com estas relações de pertença que se estabelecem entre os diversos atributos. Assim, torna-se bastante útil a sistematização de exemplos de diversos tipos de grupos nominais alemães e os seus equivalentes em português. Para além disso, o tradutor especializado tem que conhecer os procedimentos técnicos envolvidos na transferência destes grupos nominais. Só assim poderá ter consciência dos problemas tradutivos, o que o ajudará na tomada da decisão perante uma tradução concreta nesta área.

Bibliografia

Heringer, H.-J. 1988. Lesen lehren lernen. Eine rezeptive Grammatik des Deutschen. Tübingen: Niemeyer

Malblanc, A. 1968. Stylistique comparée du français et de l’allemand. Paris: Didier.

MATEUS, M. Helena et al. 2003. Gramática da Língua Portuguesa. Lisboa: Caminho

Schreiber, M. 1993. Übersetzung und Bearbeitung: zur Differenzierung und Abgrenzung des Übersetzungsbegriffs. Tübingen: Narr.

Stolze, R. (22009) Fachübersetzen – Ein Lehrbuch für Theorie und Praxis. Berlin: Frank & Timme

Vinay, J. P. & Darbelnet, J. 1958. Stylistique comparée du français et de l'anglais. Paris: Didier.

 

[Este artigo é o resultado de uma comunicação apresentada nas X Jornadas Científicas y Profesionales de Traducción Médica, na Universidade de Vigo (Espanha) a 4 abril 2014]

Search for Articles

About Katrin Herget and Teresa Alegre

Herget

Katrin Herget studied technical translation from English and Portuguese at Leipzig University. From 2000 to 2006 she worked as a Research Assistant at Fachhochschule Anhalt, where she taught translation, linguistics, and Portuguese cultural studies. She completed her Ph.D. in Translation and Linguistics. Her main research topic was the analysis of the Portuguese lexic in the field of computing.

Since 2006 she has been working as a lecturer at Universidade de Aveiro in Portugal, where she teaches technical translation and German studies.

Katrin can be reached at kherget@dlc.ua.pt.

Alegre1

Teresa Alegre teaches Translation Theory and Methodology, Translation of specialized texts form German into Portuguese and German Studies in the Department of Languages and Cultures at the University of Aveiro (Portugal). She holds a Ph.D. with a dissertation on Pedagogical Translation and Language Awareness. Her current research interests include translation didactics, translation process, language awareness and contrastive analysis German-Portuguese.

Teresa Alegre can be contacted at teresaalegre@ua.pt.

Grammarly Writing Support 

Log in

Log in